quarta-feira, 19 de agosto de 2009

BR-232: riscos para além dos alagamentos


Por motivos profissionais realizo semanalmente o percurso Recife-Caruaru-Recife pela BR-232.
Os alagamentos sempre foram motivos de minhas preocupações, justificados pelo capotamento após uma aquaplangem em 26/05/2009.
Mas não é sobre esse risco da rodovia que venho hoje falar, trata-se da continuada presença de animais na via, em especial equinos. Observei um Gol, como esse da foto - que aponta os efeitos de uma choque com um desses animais - mudar de faixa, frear bruscamente e quase ser gravemente danificado quando um cavalo que estava "pastando" no canteiro central, esse assustou-se com o movimento dos veículos que seguinam no sentido Caruaru-Recife, poucos metros antes de Encruzilhada, e bruscamente adentrou a faixa do sentido contrário, contudo ao chegar ao meio da via retornou subtamente, por sorte não colidindo com o citado veículo.
Ao chegar nas imediações da primeira entrada para Caruaru, desloquei-me para o Plantão da Polícia Rodoviária Federal afim de informar sobre o risco eminente de acidente. Pasmem: ele não funciona no período diurno.
Liguei para um Patrulheiro Rodoviário conhecido, ele estava de plantão, contudo, pasmem novamente: ele e o parceiro tinham disponibilidade de uma única viatura e estavam removendo um veículo acidentado.
Pasmem mais uma vez: além desses animais, os membros da PRF sabiam da existência de outros, na mesma BR, apenas em quilômetros diferentes.
Pasmem pela última vez: como eram as únicas autoridades no percurso, não tinham como pedir auxílio e como dispunham apenas de uma viatura e o evento em que trabalhavam suscitava o uso da mesma, não podiam tratar dos animais soltos.
Resumo da obra: torça para que os cavalos respeitem a sinalização da via até que possam ser oficialmente removidos!
É o Brasil.


terça-feira, 18 de agosto de 2009

Curso de Biodireito

Estaremos ministrando nos dias 14, 21, 28 e 29 de Setembro de 2009, das 14h às 17h, na Escola Ruy Antunes - Escola Superior da Advocacia, vinculada à OAB Perambuco, o CURSO DE EXTENSÃO - BIODIREITO.
O investimento será o da taxa de inscrição de R$ 50,00 (Advogados adimplentes e estudantes) e de R$ 60,00 (demais casos).
As inscrições devem ser realizadas no endereço eletrônico da Escola Ruy Antunes, com link no site da OAB/PE.
Os encontros serão realizados na Rua do Impedaror, 307, Edf. Armando Monteiro Filho, primeiro andar, no bairro de Santo Antônio, Recife/PE.
Espero todos vocês para debatermos sobre importantes temáticas jurídico-contemporâneas.

domingo, 16 de agosto de 2009

Parada Sonora I: Nós da THORN e os amigos da THE BLUZ e EL MOCAMBO


A NOVA MUSIC abriu espaço para o primeiro PARADA SONORA: ONDE ESTACIONA A BOA MÚSICA. Produzido pela CONTEÚDO COMUNICAÇÃO, nossa produtora, o evento busca divulgar os projetos musicais mais promissores de nosso estado.


Nesse último sábado, 15 de agosto de 2009, minha banda THORN, juntamente com a THE BLUZ, do amigo Joanathan Richard, abriram o SHOW DE LANÇAMENTO DO PRIMEIRO CD da recifense EL MOCAMBO, do "guitar man" Morcegão.


Cerca de 500 convidados, já que a entrada era gratuita, contudo com a frequência controlada por motivos de segurança, ouviram o melhor do indie rock com a THORN, do blues vintage com a THE BLUZ e do blues rock com a EL MOCAMBO.


Esperamos para breve a segunda edição do PARADA SONORA na NOVA MUSIC. Você não vai perder, não é mesmo?

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Filosofando com o pandeiro? Nietsche em verde e amarelo


João E. Neto brindou os leitores da Ciência e Vida: Filosofia com uma inusitada abordagem genealógica da malandragem. Para o filósofo pernambucano a “ética do jeitinho” utilizada no Brasil convive com sua “ética oficial”. Sentimos a falta de uma explicação do que venha a ser essa vertente oficial, como percebê-la e significá-la diante da análise filosófico-social de nosso contexto, aspecto que o texto não trata.

Contudo, a análise segue um interessante viés paradigmático no sentido de postular que as categorias “jeitinho” e “malandragem” servem de justificativa à ação moral do brasileiro. O discurso de Neto é fundamentado na histórica situação de penúria social de nosso povo, fruto das árduas condições de vida e do esquivo do poder público em dirimi-las, onde a ação moral, justificada nas categorias “jeitinho” e “malandragem”, surgiria enquanto instrumento de sobrevivência do brasileiro, dando azo ao “tipo esperto” enquanto “vitorioso” na luta pela vida.

Sabiamente o pesquisador indaga se a característica de conservação da vida ainda permanece presente no contexto atual e os porquês da conservação desse peculiar paradigma no dia-a-dia de nossa nação. Sua tese é a de que as categorias “jeitinho” e “malandragem” foram transmutadas em “modelo ético” de si mesmas, retroalimentando-se e perpetuando-se no cotidiano do Brasil atual.

O filósofo adverte que diante da apologia do “jeitinho” e “malandragem” o brasileiro desenvolveu uma postura individualista, deixando adormecidas suas possibilidades de ação coletiva e impedindo, em decorrência, a concretização de uma indignação social real, o que torna as condições adversas ainda mais intensas.

As categorias “jeitinho” e “malandragem” não seriam “modelos éticos”, mas sim “problemas éticos” que ampliariam nossa histórica situação de penúria social.

Nesse sentido, abrindo mão de uma abordagem genealógica de matiz nietschiana, João E. Neto, filosofou com o pandeiro e pincelou o sisudo alemão de verde e amarelo. Leitura recomendada.


Referência: NETO, João E. Genealogia da malandragem In: Ciência e Vida: Filosofia. Ano IV. n° 37. p.19-29.

Primeira atividade acadêmica na FAVIP


Na última terça-feira (11/08), a FAVIP, em parceria com o representante da ESA/Escola Superior da Advocacia, o Prof. Msc. Venceslau Tavares Costa Filho, comemorou o Dia do Advogado com palestra proferida pelo Prof. Dr. Artur Stamford, grande responsável pelas pesquisas sociológicas relacionadas ao fenômeno jurídico no PPGD/Programa de Pós-graduação em Direito da UFPE/Universidade Federal de Pernambuco.


O nobre palestrante possui carreira de pesquisador consolidada no Brasil e no exterior, tendo coordenado recentemente a bela obra "Sociologia do Direito: a prática da teoria" e viabilizado para novembro próximo o Congresso Internacional sobre Decisão Jurídica. A temática do evento trará em perspectiva o pensamento de N. Luhmann e realizar-se-á em homenagem ao Prof. Dr. Cláudio Souto, outro grande representante das pesquisas sociológicas no Brasil.


O evento deve muito de sua realização ao jovem jurista, militante da área cívil, o Prof. Msc. Venceslau Tavares Costa Filho, que vem realizando um belo trabalho como representante da Escola Superior da Advocacia, focado, em especial, na interiorização dos debates jurídicos.


O auditório Maria José Recepções 1 estava repleto de alunos e professores do Curso de Direito da FAVIP, além de vários advogados caruaruenses e da região.


Sucesso é a palavra que resume este post.




quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Diferentes discursos oficiais sobre a GRIPE


Espero que todos recordem, a mídia ao questionar o Ministro da Saúde brasileiro sobre os risco da então GRIPE SUINA, que ainda não havia chegado ao Brasil, recebia sempre a resposta de que era apenas uma gripe;


Temos depois, talvez devido ao pânico dos criadores de suínos, a denominação mudou para GRIPE A em relação aos diversos casos de internamento do território nacional;


Mais um tempinho e, quem sabe motivados pela multiplicação de óbitos pelo mundo, grafaram a "dita cuja" de A/H1N1.


No site do Ministério da Saúde do Brasil temos nesse instante as seguintes informações:


É uma doença respiratória aguda (gripe), causada pelo vírus A (H1N1). Este novo subtipo do vírus da influenza é transmitido de pessoa a pessoa principalmente por meio da tosse ou espirro e de contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas.




O discurso oficial continuará nesses termos ou teremos de nos acostumar com novas denominações para essa moléstia mundial?


Só o tempo ira dizer!

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Dica de blog musical: The Bluz


A The Bluz é uma surpresa caruaruense com 10 anos de bons acordes executados com maestria pela figura humana cativante de Joanatan Richard. Nesse blog temos acesso as novidades de seu blues, o que pede visitas semanais. Esse eu recomendo!