terça-feira, 21 de julho de 2009

Poesia homeopática 1


Menos pensar e mais sentir

Deixar dormir a visão e a audição

Despertar tato, olfato e paladar

Absorver o céu, ser absorvido pelo mar

Deixar de ser e sendo continuar

Mais sentir e menos pensar (Pablo R. de L. Falcão)

3 comentários:

  1. Como tudo que sempre fez, muito linda a poesia que coisa boa te ver escrevendo assim de novo.

    bjos
    AMOTELHETB

    ResponderExcluir
  2. Valeu meuzamô. Voltei muito por seu apoio incondicional. Amotelhetb

    ResponderExcluir
  3. Muito linda, de verdade, essa poesia.

    ResponderExcluir