terça-feira, 4 de novembro de 2008

Diário de bordo 9: PUC-SP
















Com a falta da Prof. Tarciana Beltrão, muito sentida por todos nós, eu seria o primeiro a ser chamado para abrir a Sessão de Conferências 3 no 11 Encontro Internacional sobre Pragmatismo.

Recepcionado pelo presidente da mesa, agradecemos à organização do evento e nos identificamos em nome da ASCES/Faculdade de Direito de Caruaru e do Grupo de Pesquisas sobre Pragmatismo e Direito do PPGD/UFPE.


Nossa fala tinha o título do artigo A REVOLTA DOS CORCÉIS CONTRA O COMANDO DO COCHEIRO PARA SEGUIREM PELA ESTRADA QUE INEXISTE: uma visão pragmatista sobre a tentativa infrutífera de controle racional da linguagem no discurso jurídico moderno, composto por 6 laudas, lidas pausadamente para que o serviço de tradução simultânea pudesse vertê-lo para o inglês.


O resultado foi muito positivo. Escutamos a palestra do Prof. Altair Fávero da Universidade de Passo Fundo (UPF) sobre o neopragmatismo de Richard Rorty, aguardando a participação dos companheiros de doutoramento, a Profa. Lorena Freitas e o Prof. Enoque Feitosa.

2 comentários:

  1. Esse é o nosso Pablo!!! Abraços meu amigo...

    ResponderExcluir
  2. Obrigado amigão, mais uma tarefa cumprida. Até breve!

    ResponderExcluir