quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Pensando em voz alta 5


Quanto esforço devemos dispensar para concretizar o que planejamos como desejado fim? Esse investimento deve está relacionado com o tempo como limitador das tentativas necessárias para seu deslinde ou independe dele, nos lesvando a tentativas mil até atingirmos nossa esperada meta?


Acordo em determinados dias sem muita energia para dispensar grandes esforços neste sentido ou para efetuar tentativas reinteradas após algumas outras malogradas, contudo, em outras manhãs parece que tenho o sol como fonte de energia e, tal qual seus calor e luminosidade, não parece haver desgaste ou mesmo limites no meu tentar.


Nesse vai e vem de querer e ceder, posso apenas esperar que do embate entre otimismo e pessimismo, prevaleça o primeiro, pois o que não posso adimitir é o desistir de meus sonhos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário