segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

A ilusão do ano novo

O país está mobilizado, é chegada a hora de um novo ano começar. Será? Observemos bem, estamos em um país de tradição cristã herdada pelo catolicismo, assim o natal representa o "suposto" nascimento de Jesus.

Trata-se de uma suposição, porque há mais de dois mil anos aquela região da Galiléia era província do Império Romano e esse povo recomeçava a contagem do tempo toda vez que um novo imperador (Cezar) chegava ao poder, o que devia causar uma confusão tamanha para à burogracia da antiguidade.

Após a queda de Roma, a Europa cristã adotou o calendário de Júlio César e no Concílio de Nicéia, em 325 D.C., determinou-se a data da Páscoa como sendo o primeiro domingo depois da primeira lua Cheia do Eqüinócio de Primavera, o que era problemático, já que a data do Eqüinócio também era incerta.

Em 24 de fevereiro de 1582 D.C., 1627 anos depois de proclamado o Calendário de Júlio César, o Papa Gregório XIII assinou a Bula que deu origem ao calendário Gregoriano, de 365 dias, 5h 48min 20s, em uso até os dias atuais. Com a adoção do Calendário Gregoriano, o Ano Novo passou oficialmente para o dia 1o. de janeiro, contudo o mesmo ainda mantém um erro em relação ao ano solar: 26,96768 segundos por ano, já que o ano tem 365 dias, 5 horas, 48 minutos e 46,96798 segundos, isto significa uma imprecisão que em 4909 D.C. nos levará a estaremos adiantados um dia inteiro para além dos limites de tempo de nosso calendário oficial, sendo então necessária uma nova correção.

Desta forma, não temos certeza que amanhã será ano novo, mas com respeito aos costumes, faço votos de sáude e paz para todos neste ano que "imprecisamente" se anuncia!

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Gélidas melodias escocesas


Dica fonográfica: Fim de ano letivo, vontade de ficar largadaço no sofá ouvindo bons sons? Indico a melódica SNOW PATRL, seu album EYES OPEN é bem legal, lembra as boas bandas influenciadas eternamente pelo Fab4. Letras bem elaboradas, armonias que agradam de cara, uma salada de sons etéreos e pesados, está completa a receita de sucesso de todos os amantes da guitarra cool. Os caras não são ingleses, mas a Escócia pariu outra banda que vale a pena ter no player. Esse é seu quarto cd, o primeiro a pipocar nas paradas de todo o mundo, trazendo uma receita destinada ao topo das paradas (Jesus and Mary Chain (psicodelia), Echo and The Bunnnymen (arranjos sinfônicos) e Joy Division (pitadas eletrônicas). Segue a relação das músicas e a indicação para as três primeiras que levarão vocês as nuvens!


01. You're all i have

02. Hands open

03. Chasing cars

04. Shut your eyes

05. It's beginning to get to me

06. You could be happy

07. Make this go on forever

08. Set the fire to the third bar

09. Headlights on dark roads

10. Open your eyes

11. The finish line

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Primeira turma de pós-graduação latu sensu

Na mesma semana de minha titulação como mestre pelo PPGD/UFPE, recebi e aceitei o convite da Sapere Aude - Formação e Qualificação de Excelência, para figurar no quadro de professores de seu curso de pós-graduação em Tutela Judicial do Meio Ambiente.

Vinculado à FASNE - Faculdade Salesiana do Nordeste, o curso conta com grandes nomes do direito em nossa região, como a atual colega de docência e coordenadora adjunta da ASCES - Faculdade de Direito de Caruaru, a Profª. MSC pelo PPGD/UFPE, Clarissa Marques.

No quadro geral de docentes destacamos as presenças dos professores doutores, Fabíola Albuquerque, Larissa Leal, Alexandre Da Maia, Cláudio Brandão e Bruno Galindo (PPGD/UFPE), Liana Lins (UFPE), Ernani Carvalho (USP), Alfredo Rangel (PPGD/UFPB) e Walber Agra (ASCES/FADICA), além da professora mestra, Catarina Oliveira (ASCES/FADICA e UNICAP).

Estamos ministrando a disciplina de Biodireito, dividida em dois módulos: Biotecnologia e Biopirataria: implicações jurídico-filosóficas, prevista para dezembro de 2007 e janeiro de 2008.

A direção foi muito atenciosa e a turma muito interessada e dedicada, o que ajuda na construção de um sucesso anunciado.

Agradeço a todos da SAPERE AUDE / FASNE pela oportunidade e confiança.

Ouse você também!

terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Até que em fim, MESTRE!!!!!!!!!!!!!!!!!

Nem acredito que os longos anos de espera chegaram a termo, neste inesquecível 10/12/2007, por volta das 15:00h, escutei do Prof. Dr. Eduardo Rabenhorst (UFPB) a frase mais agradável aos meus ouvidos nestes trinta e cinco anos de vida, dos quais, doze dedicados ao Direito: APROVADO COM DISTINÇÃO.
Sob a presidência do Prof. Dr. João Maurício Adeodato (UFPE) e tendo como avaliador interno o Prof. Dr. Alexandre Da Maia, confirmei minhas antigas impressões: estou entre as melhores mentes jurídicas deste país, pois toda oportunidade de diálogo com eles é sempre um momento de aprendizado.
O parecer carinhoso do querido orientador e amigo, Prof. Dr. Torquato Castro Jr. deu-me forças para enfrentar a dura jornada que levava ao tão esperado título.
A presença de amigos e familiares tornaram este momento inesquecível.
Mais uma prova que a dedicação aos estudos vale sempre a pena!